quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Procuro o que em nada existe...

   Sou o seu auge de criatividade, a menina mais perfeita que conseguiu criar, para nas noites frias imaginar, e não se sentir sozinho. Sou eu que faço seu coração bater rápido sem ao menos você me sentir, sou eu...
   Sei que o seu coração é cheio de ilusões, sei que no fundo acredita que eu existo, mas existindo ou não, quero que parta comigo rumo ao desconhecido, quero que me procure, e me encontre...
   Ligue o carro e me leve para casa, antes que a sua imaginação acabe, antes que me perca em suas memórias, antes que perca algo que nunca existiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário