quinta-feira, 28 de abril de 2011

Open fire.

   Não morra Ana, não desista do amanhã, por favor. Acenda o fogo da sua alma, é a unica maneira de enxergar o brilho dos seus olhos, dos meus olhos. Com esse mesmo fogo queime o que não te deixa lutar, queime suas barreiras, queime suas limitações. 
   Você não enxerga um mundo de formas, mas agora você vê um mundo de som e sentimentos. Obsessão por texturas. Queria lhe dar meus olhos, mas você é uma droga, entraria em crise de abstinência se ficasse um dia sem ver seus cabelos tentando fugir com o vento.
   Pra mim você nunca enxergou tanto como agora, eu te ajudo a aprender a viver de novo. Assim que você sair desse hospital eu te ajudo, eu vou ser o seu apoio e você vai ser o meu. 
   Ana não desista de hoje, não desista do amanhã mesmo ele sendo tão incerto.    

2 comentários: