domingo, 11 de novembro de 2012

Incorretamente correto!

   Seria um insulto contra a minha falta de ética falar do que é certo? Pela primeira vez na minha vida ando sem um caminho a trilhar ou sem montanhas para subir, é realmente um insulto contra a minha capacidade de trapacear nos obstáculos.
   Talvez entre esse caminho muito bem asfaltado liso e sem monstros, posso encontrar um objetivo. O mais interessante da vida, é que tudo o que se faz da maneira mais estupida  e fútil, é venerada como se fosse a vida. Sentido, me de o caminho digno ou pelo menos tire minha capacidade de pensar.